domingo, 18 de setembro de 2011

Alimentos que aceleram seu metabolismo

Quem já não ouviu falar que tem o "metabolismo lento ou acelerado/ rápido". Em alguns casos o metabolismo diminui ou aumenta por fatores como idade e atividade física respectivamente. O metabolismo é o conjunto de transformações que os nutrientes e outras substâncias químicas sofrem no interior do nosso corpo, produzindo energia suficiente para mantê-lo funcionando. "É influenciado por inúmeros fatores, tais como genética, idade, peso, altura, sexo, temperatura ambiente, dieta e prática de exercícios",
Os alimentos termogênicos "Quando digeridos, aumentam o metabolismo e a temperatura interna corporal,  queimam calorias e ajudam a emagrecer. Mas para terem efeito devem ser ingeridos com regularidade no dia-a-dia". E somente o uso desses alimentos não são suficientes, a pra´tica de exercícios físicos deve ser mantida, assim como uma dieta adequada.

Segue alguns alimentos/hábitos qu podem acelerar seu metabolismo:

Água gelada: Beber oito copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias. Isto porque o organismo gasta energia para elevar a temperatura da água de 5ºC para 37ºC, que é a temperatura corporal interna.

Pimenta caiena (pimenta vermelha): Acelera o metabolismo em 20%, porque aumenta a circulação e a temperatura do corpo, além de melhorar a digestão. Tem a propriedade de retirar gorduras das artérias.

Gengibre: Aumenta o metabolismo em 20%. Pode ser usado cru, refogado ou em forma de chá. Outra opção é bater no liqüidificador com aipo, laranja, maçã ou qualquer outra fruta.

Ômega 3: Aumenta o metabolismo basal, ou seja, queima calorias. Funciona como antiinflamatório, previne e trata doenças cardiovasculares. Fontes: óleo de prímula, óleos de peixes (como salmão e sardinha) e semente de linhaça.

Chá verde: Reduz a absorção de açúcar no sangue, inibindo a ação da amilase (enzima responsável pela digestão de carboidratos). Diminui a compulsão por carboidratos, acelera o trânsito intestinal e aumenta o metabolismo, ajudando na queima de gorduras.

Frutas e vegetais amarelos, laranja e vermelho - Mamão, batata doce, manga, cenoura, tomate, laranja.



Azeite de Oliva – Alimento rico em ácidos graxos insaturados, seu consumo é recomendado devido a sua boa quantidade de antioxidantes e os efeitos positivos de seus ácidos graxos monoinsaturados sobre a hipertensão arterial e perfil lipídico.

Oleaginosas - Nozes, Amêndoas, Castanhas, Avelãs, Castanha Do Pará – seu conteúdo de ácidos graxos monoinsaturados envolve aumento do gasto de energia basal e da termogênese induzida pela dieta.


Outras dicas para manter o metabolismo acelerado:
- Fracionar as refeições entre cinco e seis vezes ao dia;
- Comer devagar e mastigar bem os alimentos;




Os carboidratos são essenciais para um metabolismo rápido. Fornecem combustível aos músculos, ao sistema nervoso e às células do sangue. Sem energia, você fica lenta e a inatividade faz você ganhar peso. Dê preferência aos  de baixo índice glicêmico (que mantêm estáveis os níveis de insulina, afastando a fome por mais tempo). Grãos integrais, legumes, frutas e verduras -- todos ricos em fibras e pobres em gorduras -- levam mais tempo para ser digeridos e por isso aceleram o metabolismo. 


Incluir alimentos em seu dia a dia que ajudam no bom funcionamento da tireóide, glândula responsável pela produção de hormônios que regulam o metabolismo, que por sua vez é responsável pela queima de calorias do organismo,também é importante. Principalmente para pessoas que tem hipo ou hipertireoidismo




Fonte de cálcio: Brócolis, Couve flor, Couve manteiga, Semente de gergelim, Lentilha, Semente de girassol,

 Fonte de magnésio: Alfafa, Amêndoas, Maçãs, Pêssegos, Abacate, Castanha do Pará, Arroz integral, Salsão, Figo, Peixe, Salsa e Uvas!

Fonte de potássio: Damasco, Banana, Cenoura, Salsa, Ervilhas, Salmão, Sardinha, Espinafre, Cereais integrais




quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Slow Food X Fast Food

Trata-se de um movimento que começou em 1986 em Roma na Itália que vai no sentido contrário ao "Fast Food". Hoje são mais de 60.000 membros em todo o mundo. O "Slow Food" nada mais é do que a apreciação da boa gastronomia, comidas feitas com calma, dedicação e com alimentos e temperos naturais sem aditivos químicos em geral desde agrotóxicos a corantes, conservantes e etc. Também é observado a parte ecologica do cultivo desses alimentos, trata-se de um movimento que visa não somente o benefício próprio mas de um modo geral do meio ambiente.

Trata-se de valor a preparações como uma feijoada que leva algumas horas para ser feita ou até mesmo começa a ser preparada um dia antes, assim como uma bacalhoada e demais preparações que além de mais saldáveis por serem preparadas com alimentos e temperos naturais só trazem benefícios ao paladar e ao organismo.

Vamos nos juntar aos adeptos desse movimento, não adianta nos enganarmos achando que o mais rápido é o e a melhor opção, o que não faltam são reportagens, estudos e fatos que nos mostram que os "Fast Foods" são a pior opção, é válido lembrar que a primeira vista uma comida rápida e barata é uma "boa opção", mas se olharmos a fundo, os malefícios que esse tipo de alimentação nos traz com o tempo, contando a falta de saúde e com ela os gastos com medicamentos para tentar voltar a saúde ou ao menos como forma de não deixar que ela piore.

Vale a pena Refletir.