segunda-feira, 20 de junho de 2011

Alimentação Vegetariana: Um Estudo de Qualidade e Preço

Trago aqui um breve resumo sobre minha primeira iniciação científica que teve como objetivo contrastar o preço entre a alimentação considerada comum, na qual há o consumo de carnes e a alimentação vegetariana.

Desenvolvido por : Camila Marques Marçal e Vanessa Lopes de Maria
Orientador: Prof. Dr. Francisco Claudio Tavares


[INTRODUÇÃO]

As Dietas Vegetarianas, se bem planejadas, são saudáveis e nutricionalmente adequadas para todos os indivíduos.  Porém, existem alguns nutrientes que costumam ser deficientes nesta Dieta.  A Pesquisa de Orçamento Familiar (2003) constatou que a alimentação é a segunda maior despesa dos brasileiros.

[METODOLOGIA] 

Foram escolhidos dois restaurantes comuns e dois restaurantes vegetarianos para realizar a pesquisa. Foi analisada a composição do prato dos clientes, o preço e os cardápios  oferecidos pelos Restaurantes.

[RESULTADO/DISCUSSÃO] 

Em ambos restaurantes, os homens optaram por alimentos/preparações mais simples e comuns. O preço por quilo dos Restaurantes Vegetarianos é 4,7% maior que a média dos Restaurantes Comuns. A proteína, o ferro, o zinco e a vitamina B12 estão presentes em quantidades significativas no Cardápio oferecido pelo Restaurante Comum, uma vez que esta última é encontrada em sua maioria nos alimentos de origem animal. Já o Restaurante Vegetariano, apresenta maior quantidade de cálcio nas preparações servidas, o que pode estar relacionado ao uso de queijos, o que não é muito utilizado nas preparações servidas pelo Restaurante Comum.

[CONCLUSÃO]

A negação dos homens quanto aos alimentos/preparações vegetarianos mais “elaborados/diferentes” aumenta quando se trata dos restaurantes comuns; ao contrário das mulheres, que aceitam melhor estes alimentos/preparações.

Os alimentos/preparações vegetarianos mais consumidos em ambos restaurantes são alface, agrião, tomate e cenoura. Esta pesquisa demonstrou que a média dos preços, no Restaurante Comum e Vegetariano tem pequena variação e que a Vitamina B12 é muito deficitária na oferta de alimentos do Restaurante Vegetariano.

Esse estudo vem demonstrar que uma alimentação rica em vegetais como a alimentação  vegetariana não é tão cara quanto se imagina, é possível fazer uma escolha mais saudável e nem por isso tão mais cara quanto a que se está acostumado, basta optar por alimentos dá época e por isso estão com o preço mais baixo, procurar comprar somente os alimentos que são necessários ou essenciais ( arroz, feijão, carne, peixe, ovos, legumes, verduras, frutas por exemplo) e deixar os superfulos, como doces, refrigerantes e guloseimas para última opção.

Faça o teste, e observe não somente a diferença quanto ao gasto financeiro, mas também a qualidade de vida com o aumento de vegetais em suas refeições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário